EconomiaGoiásNotícias

Energia Elétrica

Suficiência energética de Goiás foi tema de discussão na FIEG

Equatorial, Grupo prestador de serviços de distribuição de energia elétrica no estado falou sobre investimentos

O Conselho Temático de Infraestrutura (Coinfra) da Fieg, liderado por Célio Eustáquio de Moura, realizou uma reunião na terça-feira (27/02) na Casa da Indústria, onde recebeu o superintendente técnico da Equatorial Goiás, Roberto Vieira, e o assessor de Relações Institucionais da empresa, Marco Henrique Pavan. Esta reunião marcou o início das discussões do colegiado em 2024 e contou com a participação de empresários e profissionais do setor.

Segundo a empresa, os investimentos foram de R$ 1,85 bilhão entre janeiro e setembro do ano anterior. Esses investimentos resultaram na realização de 79 novas ligações, expansão e manutenção de 465 redes de alta tensão e 821 de média e baixa tensão. Roberto Vieira destacou que o primeiro ano de concessão foi significativo, equiparando o aumento na capacidade do sistema a adicionar uma cidade do porte de Anápolis à rede. Ele ressaltou que foram adicionados 403 MVA ao sistema em apenas um ano, reduzindo o déficit inicial de 480 MVA.

Para 2024, a Equatorial Goiás planeja manter o ritmo de investimentos, com a construção de duas novas subestações, a ampliação e modernização de outras 97 subestações e a inauguração de duas novas linhas de alta tensão, entre outras obras. Isso deve aumentar a capacidade do sistema em quase 200 MVA, além de incluir mais de 7 mil novas conexões e construir quase 4 mil quilômetros de novas redes.

Célio Eustáquio de Moura, presidente do Coinfra-Fieg, destacou a parceria entre o setor privado e a Equatorial Goiás, reconhecendo o impacto positivo dos investimentos realizados pela empresa no primeiro ano de concessão. Ele ressaltou a importância da energia de qualidade para a competitividade da indústria e para atrair novos investimentos para o Estado.

Com informações da Ascom/Fieg 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Redação Citizen

    Redação do Portal Citizen

    Artigos relacionados

    Deixe um comentário

    Verifique também
    Fechar
    Botão Voltar ao topo